Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quem sai aos seus

Um blogue para a Madalena, para a Teresa e para a Francisca.

Longe, longe

Vou juntar-me aos exibicionistas da blogosfera que usam o estaminé para divulgar os sítos onde vão passar o fim-de-semana e pôr fotos de piscinas e praias idílicas para publicitar os últimos dois dias. Estivemos em Évora, aqui (por culpa da Teresa Martins, apesar de ela não saber), e deram-nos um jantar tão bom, tão bom que até guardei a ementa só para meter nojo (e lembrar no futuro, claro!).


 


Ele foi vieiras gratinadas em aromas da alfazema, creme aveludado de peixes nobres da costa, sargo de linha com fofo de amêndoa e coulis de cenouras biológicas, sorbet de cassis para desenjoar, filet mignon das pampas argentinas numa harmonia suculenta com foie e uma redução de Monte do Pintor e, para rematar, como se fosse pouco. espelho mágico de fondant. Estava tudo tão bom, mas tão bom, que não me admira que o casal ao nosso lado tivesse tirado fotos a todos os pratos à medida que iam chegando. Levei com tantas flashadas que se fosse epiléctica tinha tido um ataque.


 


Gosto muito de celebrar uma data especial no dia dos namorados. Não pelo dia de São Valentim em sim, que é uma treta comercialóide, mas porque quando chega o dia, todo o cosmo se organizou para celebrar o romance, que é exactamente o que nós queremos, mas com mais razões para isso do que uma simples, e importada, tradição americana.


 


No capítulo da gastronomia também tenho de falar do Fialho, de que já tinha ouvido falar tão bem. Devia mandar as senhoras e senhores de uma certa confeitaria na zona do marquês aprenderem modos e culinária por estas bandas. Não me admira o êxito que tem este restaurante. Cinco minutos depois de chegar estávamos perdidos de riso. Dissemos que queríamos levar o livro com a história da casa e quando o anunciámos a um dos donos, ele responde: "Eu já assino, têm de esperar". Tradução: "Ai, estes malditos fãs, sempre a perturbar-me o sossego". Muito bom.


 


A Manena ficou com os avós. Já tem saudades, por esta altura do campeonato, mas com os avós pode fazer todo o tipo de disparates que ninguém lhe diz nada. Tem o seu lado positivo. Chamam-lhe coisas cómicas e agora diz que é um "sapinho" e o avô um "sapo". Podia ser pior.


 


 

Não havia Aero-Om na "Lagoa Azul"


Era bom que um dia destes alguém se lembrasse de fazer uma tese de doutoramento sobre o Aero-Om, aquele líquido cor-de-rosa que muitas mães, incluindo eu própria, dão aos bebé para os acalmar. É bom? É mau? É a prova que faltava para demonstrar que tentamos resolver sempre tudo da maneira mais fácil, mas nem sempre mais certa? Ou, pelo contrário, fazemos bem, porque lhes poupamos choro? Como em muitos outros assuntos relacionados com bebés, há teorias para todos os gostos. O que eu sei é que não consigo deixar de sentir que estou a falhar quando ponho umas gotinhas na chucha da Mini.


 


Isto não é um drama, não passo horas a consumir-me com este tema, nem sequer é um problema, mas incomoda-me. É a coisa mais artificial das coisas artificiais. E sempre que recorro a esta solução não consigo deixar de pensar que na "Lagoa Azul" não tinham essas mariquices e  safaram-se na mesma.




Antes que me esqueça...

Desculpem a ausência. Na última semana andámos a dar uma de "O Pecado Mora ao Lado" ou, como dizem os nossos vizinhos do lado, de Martinez. A mulher foi para o campo com a criança enquanto o marido ficou a trabalhar. Mas em versão revista e actualizada: tivemos a companhia do papá todas as noites e não houve loiras "a lo Marilyn" a importunar.

Quanto a a novidades Madalenescas há um e muito boa: de há duas noites para cá vai dormir às 22h30 e acorda às 05h00. Depois só acorda às 09h00. Têm sido cá umas desforras de sono...  Em contrapartida, os dias não têm sido tão fáceis. Agora que já me habituei às noites, ela quer que eu aprenda os dias. No problem! Eu aguento tudo.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D