Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quem sai aos seus

Um blogue para a Madalena, para a Teresa e para a Francisca.

O drama da mulher branca é o verniz gel... E em branco

Eu sabia que isto do verniz gel ia dar... porcaria. Cheguei de férias com os cotos num estado miserável, marquei no sítio do costume, não consegui chegar a horas, todas as Nails 4 Us estavam cheias, a habitual está cheia amanhã e com a prodigiosa Fernanda só tenho vaga dentro de uma semana. É uma tragédia, é o horror, quase tão mau como a pausa por tempo indeterminado dos Buraka Som Sistema. E porque é que isto é péssimo e vai para lá de eu ter entrado na fase "espero que tenha bolsos para esconder essas mãos"? Porque não posso reverter. Se fosse uma manicure normal, era algodão com acetona e até a Quica me tirava o verniz. Como me deixei ir na cantiga do gelinho, que dura e dura e mantém o brilho e mais não sei que predicados, só com uma rebarbadora é que isto sai e mesmo assim não é garantido. Se isto não são problemas...
O outro drama da canícula é o verniz branco. Estou apaixonada por verniz branco, um tom que a menina (é mesmo uma bebé de 24 anos) que me arranja as unhas resiste a aplicar. A teoria dela é que branco em pele branca fica mal. Ora, eu contesto esse pensamento aqui e em qualquer universidade do mundo que me queira chamar para falar do caso. Não só o branco é lindo, como até faria a Nicole Kidman parecer morena. O contraste, senhores, o contraste é o segredo. Mas, pronto, que se lhe vai fazer. Também já lhe disse que o encarnado fica lindo em unhas curtas e ela até se arrepia. Problemas. É o que eu digo.

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D