Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quem sai aos seus

Um blogue para a Madalena, para a Teresa e para a Francisca.

Fechei os olhos e passaram-se 30 anos

IMG_1251.JPG

Há 30 anos, parece que foi ontem, chaguei os meus pais para irmos às Amoreiras. Uma catedral do consumo? Onde? Queria ver isso! Um quinto domingo desse 1986 (não deve ser difícil descobrir qual o dia) lá fomos em família. O carro mal cabia no estacionamento (sinal número 1 da modernidade), estava tanta gente que me senti tonta, achei tudo tão grande que na minha cabeça tinha tantos andares como os que se viam de fora, as montras eram lindas e havia a Cenoura. Todas as miúdas giras usavam roupa da Cenoura. Nessa altura, as Amoreiras, que hoje fazem 30 anos, não eram as Amoreiras. As pessoas chiques diziam "o Amoreiras".

Mas, então, em 1991 abriu o Cascaishopping, abriu o McDonalds, e, caso já ninguém se lembre, houve uma coisa chamada "o boom da imprensa" que fez nascer, entre outros, o "O Independente" e a "Semana Ilustrada", uma revista que deve ter durado precisamente uma semana e saiu para as bancas a dizer qualquer coisa como "censurada". Segundo me lembro, ia sair com imagens que provavam que o arquiteto das torres, Tomás Taveira, era um ramboieiro de primeira. Acho até que foi interposta uma providência cautelar (o curioso é que o Google diz que a revista chegou mesmo a sair). Não íamos só falar das cenas cutchi cutchi dos 30 anos as Amoreiras, não é? Os anos 90 foram difíceis e, agora que penso nisso, Portugal nos anos 80 ainda gostava muito de se meter na vida alheia.

Bom, mas como dizia, fechei os olhos e acordei em 2003 ao lado do António, nas Amoreiras. E as "Amoras", como dizem os miúdos dos Salesianos que apanham o 74 para lá ir almoçar, já não são cúmulo do chique, são mais uma rua do bairro. Onde se fazem compras de última hora, onde se encontra sempre alguém conhecido, onde se vai ao único Sushi que interessa, onde como o meu adorado Mrs. Rumpsteak, onde está a Rose, uma das melhores manicures de Lisboa, onde as miúdas gritam porque querem ir para os escorregas do Jumbo, onde namoram os jogos da Science4u, onde tiram fotos com o Pai Natal, onde a Teresa é conhecida como "aquela menina que cá vem e se vê ao espelho", onde já fizemos a escritura de uma casa, e onde vou ao dentista. Foi lá que tirei esta foto. É o meu passatempo favorito quando estou sentadinha na cadeira da Ana: esperar pelo avião que passa mais perto da torre. Ela já sabe, a assistente já sabe, toda a gente sabe. Quando o avião surge ao longe paramos tudo e eu tento tirar a melhor foto. É impressionante.

 

Portanto, parabéns, Amoreiras. Estás uma mulher e do alto dos teus 30 anos podes dizer sem vergonha: estás melhor que nunca.

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D