Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Quem sai aos seus

Um blogue para a Madalena, para a Teresa e para a Francisca.

A Web Summit passa-me um pouco ao lado. Tal como a cena dos robôs

Até ontem à noite, tinha passado uma existência tranquila e sossegada sem me preocupar um segundo o que se passa na FIL e na Web Summit.

Ponto 1: Estou a trabalhar e a tecnologia não faz parte das minhas atribuições.

Ponto 2: Talvez eu já tenha sido mais doida por coisas tecnológicas. Talvez eu achasses, vá-se lá saber porquê, que a Web Summit era uma feira para profissionais das start ups.

Ponto 3: Dá-me sempre a sensação que isto é bom para malta de 30 anos, solteira e com dinheiro para gastar em cocktails. Nada contra. Eu gostava de ter 30 anos e dinheiro para bebidas com nomes de lugares paradisíacos.

Mas parece que não é só isso, como explicam pessoas que sabem mais disto do que eu -- testemunhas A, B e C.

É mais um Rock in Rio para gente que prefere estar sentada. Mais uma vez, nada contra. São os meus preferidos.

A questão é que, alertada por uma notícia sobre a presença da antiga guarda-redes da seleção dos EUA, Hope Solo, uma criatura fascinante, pus-me a estudar o programa e só assim por alto fiquei a saber que Caitlyn Jenner ("A" Cailtlyn Jenner) vai cá estar. Na qualidade de pessoa que quase "partiu a Internet", algo, apesar de tudo, tecnológico? Não. Na qualidade de transgénero. Que era precisamente aquela em que a queria ouvir. Entretanto, amanhã vai cá estar Suzy Menkes, tão-somente a melhor jornalista a escrever sobre moda desde tempos imemoriais (do passado, presente e até mesmo do futuro). Vários e sólidos bons motivos para pôr os pés na FIL sem ser necessariamente para falar de unicórnios e venture capital e bytes e coisas dessas.

Adiante.

Parece que no meio de tanta coisa que pode mudar a vida, o mais sumarento foram as intervenções dos robôs. Não foi a única coisa, como se pode ler no ECO e no DN (órgãos de comunicação escolhidos absolutamente ao acaso), mas, digamos, é denominador comum a todos os jornais.

Uma tal de Sophia falou e disse que os robôs nos vão tirar os empregos. Que é, na verdade, o assunto que aqui que me traz. Medo, pânico, terror. As máquinas vão tirar-nos lugares. Ou melhor, vão tirar o lugar em todas as profissões meramente repetitivas em que um mínimo de emoção seja exigido. E, portanto, eu partilho desta apreensão total em relação às máquinas. Isto é o fim do trabalho não qualificado. Temos de nos preparar para minas sem mineiros. Temos de nos preparar para padarias sem padeiros. Meu Deus, o que é que isto quer dizer?

Quer dizer que vamos ficar sem fazer nada? Ou quererá dizer, talvez, que vamos ter de inventar robôs? E que vamos ter de estudar muito mais e durante muito mais tempo para nos capacitarmos para os trabalhos onde vamos ser precisos: criativos, rigorosos, minuciosos, interpretativos. Parece que no meio disto tudo o que vai ser mesmo impossível é dizer "fui para letras porque nunca gostei de matemática".

Atrás das teclas

foto do autor

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D