Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quem sai aos seus

Um blogue para a Madalena, para a Teresa e para a Francisca.

Sobre partilhar a intimidade dos filhos #2

Fico realmente nervosa quando as pessoas se escandalizam porque partilho fotos das crianças no FB. Compreendo o ponto mas FOTOS não são as PESSOAS. O que é uma gigantesca diferença. E fico nervosa porque deixo a Madalena, a pessoa da Madalena, inteira, na escola, rodeada de pessoas que não conheço (e um dia deixarei as três). Que me estão a dizer? É uma coisa que me põe fora de mim. Já li uma professora escandalizar-se com esse uso de fotos e isso então... Deixa-me com um nó tal que tento não pensar demasiado no assunto ou as miúdas vão aprender a ler, escrever e contar em casa.

Sei que o texto vai muito para além disso, e preocupou-me mais agora porque andamos com a mania das fotos por tudo e por nada, mas realmente tendo a desvalorizar esse stress brutal em torno das coisas que se podem saber das crianças. Não pode ser primeiro-ministro porque a mãe disse que ele fazia chichi na cama até tarde? Pá, o que é que isso quer dizer? Que um homem divorciado não pode exercer um cargo político? Ou um gay? Qual é a intimidade que é aceitável partilhar? A Teresa vai zangar-se porque a mãe contou que ela diz 'vanho' e 'vola' e cortou o cabelo à irmã? Ou a Madalena porque contei que ela tinha amigos imaginários? Ou a Francisca porque conto que deixei de lhe dar de mamar? Não contamos coisas destas a pessoas relativamente estranhas e não apenas aos nossos amigos? E se, pelo contrário, como a mim e ao meu pai, acontecer serem brutalmente curiosas para saber de onde vêm e como era o mundo antes de terem memória e o córtex cerebral totalmente desenvolvido? Lá está, depois, outro problema: porque razão se acredita que a vida das crianças se resume ao que os pais escrevem no blogue? Porque é que se acha que a vida das pessoas é apenas o que aparece contado, contado porque a pessoa decidiu contar? Por que razão nunca se pensa no que não aparece escrito porque o autor não quis escrever? Não sei. Sei que, pelo contrário, já esclareci imensas dúvidas em relação a vários temas ou fiquei simplesmente contente porque outras pessoas puseram em palavras os meus sentimentos lendo blogues. Sigo vários e nem sequer me parece que expliquem demasiado ou mostrem demasiado sobre as suas vidas. Não seria capaz de reconhecer os filhos da maoria das pessoas a não ser que estivessem com as suas autoras. Mas bom, isto sou eu, que quero mesmo muito fixar em algum sítio coisas pequeníssimas do mundo das minhas filhas. E ainda não tenho uma opinião definitiva.

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Lina 23.05.2013

    Lembras-te?! Pá, viver e aprender.
  • Comentar:

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D