Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quem sai aos seus

Um blogue para a Madalena, para a Teresa e para a Francisca.

A falta de respeito tem limites

Acho que já escrevi aqui sobre este assunto mas quando acho (e sei) que tenho razão não me canso.

Tirando pais e avós (quando os há por perto), os professores são os adultos com quem as nossas crianças passam mais tempo. 

Deve ser por isso que somos tão exigentes com quem ensina os nossos filhos. Porque sabemos que, no fim da linha, nem só pais educam, nem só os professores ensinam. Queremos que os professores das crianças falem bem, não deem erros ortográficos (mesmo que sejam profes de matemática ou educação fisica), que sejam pessoas interessadas pelo mundo, que sejam asseados e honestos. Referências, no fundo.

É pedir muito a simples pessoas.

Mas assim de repente que me lembre não há profissão a quem se exija tanto.

E isso para mim bastaria para que os requisitos para entrar nesta profissão fossem mais altos, tal como os benefícios.

Eu sei fazer contas e é evidente que com muitos professores no 'mercado' é impossível pagar salários muito altos, mas, como no anúncio da Zon, há uma linha que separa os professores de andarem a contar tostões de outra que lhes permite viver uma vida confortável.

Abrem-se exceções para tudo e para nada. Pilotos e trabalhadores da TAP (claro!), bancários e etc. mas os professores, vão ter de ficar até 2018 sem o salário completo. Nem vejo ninguém a argumentar contra este estado de coisas. Vejo gente a reclamar por todos os funcionários públicos, claro, mas ser professor não é ser um mero funcionário público. Acho eu (e melhor do que eu quem inventou este 'cartoon').

 

1 comentário

Comentar post

Atrás das teclas

foto do autor

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D