Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quem sai aos seus

Um blogue para a Madalena, para a Teresa e para a Francisca.

Até tenho medo de dizer estas coisas...

... Porque há sempre interessados em tresler o que uma pessoa escreve, e as coisas estão de tal forma hoje em dia que sempre que uma pessoa diz alguma coisa que seja remotamente contra as práticas de movimentos anti-troika parece que é imediatamente um porco fascista que deseja ver velhinhos a morrer de fome. Como é óbvio, e antes de continuar, que fiquem claras algumas coisas: não penso que seja possível, neste momento, viver financeiramente sem a ajuda de terceiros; admito austeridade, logo que seja uma austeridade-drone (dirigido a alvos muitos específicos), que não permitisse que continuassem a existir ministérios que engordam em assessores e outros cargos que se dizem ser de "confiança política" e não são mais do que favores aos amigos do partido; gostaria que existe uma reforma estrutural do Estado no sentido de o simplificar, higienizar e limpar a grande e a pequena corrupção; lamento imenso os custos sociais de tudo isto, e que seja de uma forma que atira imensas pessoas para a verdadeira miséria.

 

Isto dito, parece-me horrível que um movimento de cidadania convoque os meios de comunicação para um manifestação pró-troika e depois venha dizer que isto foi uma maneira de chamar a atenção dos meios de comunicação que, por censura ou ideologia (aqui a doutrina diverge), tem ignorado que foi convocada uma manife para o dia 26 de outubro por este movimento. Nem lhes passa pela cabeça, claro, que as redações, pelas mesmas razões de liberdade, pudessem decidir que este movimento não interessa. Não. Têm que dar porque eles vão fazê-lo. Estão a ver onde é que isto nos levaria, não estão? Como é evidente (espero que seja, pelo menos), estou a exagerar. É evidente que os jornais têm de dar eco a esta manifestação. Não porque o movimento queira (se querem aparecer nas páginas dos jornais também podem comprar espaço publicitário) mas porque os leitores/espectadores estão interessados e, claro, porque achamos que este movimento é relevante para o curso dos acontecimentos deste país. O que me parece que eles não entendem é que já são uma coisa que existe, pronto, está em agenda, vai fazer e não algo novo, inusitado, dentro da lógica "o homem mordeu o cão", que foi o que aconteceu quando se pensou que existia um grupo de pessoas tão convictas dos benefícios de estarmos intervencionados que queriam dizê-lo publicamente. Não sei, mas a mim, pelas razões que referi acima parece-me inusitado e diferente, acho normal dar-se eco. Tal como me pareceria normal que editorialmente alguém achasse por bem ignorar, o que na prática seria um erro porque os leitores estão interessados e, claro, porque achamos que todas as opiniões são relevantes para o curso dos acontecimentos deste país. Se todas as semanas existissem manifes a favor da troika também não seriam relatadas. Mas, bom, o que está aqui é isto: um grupo de pessoas achou que era interessante inventar uma notícia apelativa, que chamasse a atenção dos jornalistas, como os famosos espanhóis inventam separações para cobrar por entrevistas exclusivas, como há uns tempos uma agência de comunicação inventou um caso de amor para promover um perfume. Não gosto de nenhum dos três casos.

Estive a ver a Casa dos Segredos com delay...

E preciso de fazer comentários...

 

- Oh, meu Deus, mas quem é esta Bernardina? Parece um potro selvagem!

- E o Tierry? Expulsem-no, por favor. Deve fazer falta num clube de 3.ª divisão qualquer. E sempre podia ser que a Sofia abrisse a pestana. Este rapaz, nota-se a léguas, é mesmo um mau elemento.

- Porque é que estas raparigas estão sempre a passar as mãos nos cabelos como se estivessem a cardar lã?

- Lourenço: desejoso de viver la vida loca.

 

- So far, Joana=a minha favorita.

 

 

 

 

Pirosa, pirosa, vais usar cor de rosa

Estive a investigar os "must haves" da estação, para me frustrar mais que nada, e estou muito satisfeita. A moda está finalmente a fazer justiça ao cor de rosa. Claro que nem padecendo de doença bipolar me encontrarão por aí com um casaco pink. A não ser que seja Carnaval e tenha decidido mascarar-me de porquinho baby. Não o digo sem pena. O look desta menina com o casaco XXL e as calças pretas e os óculos é, simplesmente, o máximo. Felizmente, há opções, como tenho cuidado de averiguar interneticamente. Também aqui.

 

Stylecaster

Pausa na preguicite

Para dizer, alto e bom som, duas coisas:

- Não vamos passar o dia a chamar nomes à ministra das Finanças porque ela disse que tem três filhos pequenos e não consegue poupar, pois não? [E a ela que lhe sirva de lição. Não tem nada que ir para a TV dar entrevistas em que responde a estas perguntas, pois espero que o OE não seja elaborado a partir do que ela e os amigos sabem sobre o país] - E que tal os comentadores deste país usarem os murais do Facebook para dizer mais do que o dia, hora e canal onde vão estar ou, isto então é que me rebenta mesmo, para fazerem observações profundas como "este orçamento é repugnante". A sério, minha gente, o que é que isso acrescenta ao debate? Que é repugnante já eu sei. Suspeitando, aliás, que é realmente feito com base em noções incorretas, números errados e falsas ideias do que é Portugal.

Em todo o caso, bom dia a todas as pessoas de bem.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D