Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quem sai aos seus

Um blogue para a Madalena, para a Teresa e para a Francisca.

Isto dói

Dói-me o coração de pensar que já não vou escrever no blogue da Madalena, porque, lá está, sendo da baby era mais meu que outra coisa, mas tem de ser. Porque também me doía o coração cada vez que queria escrever qualquer coisa sobre a Teresa-to-be e ia ali usurpar o espaço. Pronto, eu sou assim, quero tudo em gavetas bem separadas e arrumadas. Ouviram bem, meninas? Gavetas bem separadas e arrumadas!

O princípio

O blogue da Madalena tornou-se pequeno para o que temos para dizer. Não que sejam coisas incríveis ou espectaculares, mas porque vem aí a Teresa e merece um blogue de que seja dona e senhora de pleno direito. Tens agora 22 semanas e faltam cinco meses, mais coisa menos coisa, para vermos como és. E enquanto esse momento não chega estamos todos a habituar-nos a isto de sermos quatro em vez de sermos três. A começar pela Manena. E que melhor maneira de o fazer senão por aqui?

Estatuto editorial

1. O blogue 'Quem Sai aos Seus' pertence à mamã, ao papá e às filhas.

2. Tudo o que nele é escrito é da responsabilidade dos seus autores.

3. É um espaço de liberdade.

4. Não tem fins lucrativos e/ou comerciais.

5. Não pode ser usado mais tarde como prova contra os pais (nem contra as filhas).

 

Intervalo político

O Passos Coelho diz que não sabe quando vai haver eleições e que não tem pressa de lá chegar. Foi assim, grosso modo, o que disse ontem no congresso de Carcavelos,e eu acho que o homem está um cómico. Mas quem é que ia querer ser primeiro-ministro agora com uma crise destas? Só um maluquinho!

 

PS: Eu adoro congressos do PSD: os comentadores da televisões cheios de pica, as eminências pardas do partido, o cabelo pintado do Fernando Ruas (um homem daquela idade que não tem vergonha de aparecer na rua assim merece respeito!), o bom aspecto do Aguiar-Branco, o Paulo Rangel quase a chorar... lamento, mas não há outro partido a fazer reuniões assim, tão grandiosas quanto parolas. Ah! E expressões grandieloquentes como "Manuela Ferreira Leita, reserva moral do partido".

Teresa

Gostava de experimentar algumas coisas que parece que são típicas da maternidade como:

- contracções.

- o parto normal

- limpar o umbigo até ele cair.

 

Mas, de tudo, o que gostava mesmo era de voltar para casa com a bebé para casa no segundo ou terceiro dia ainda com sono, mas já cheio de energia.
Que elanasça perfeitinha e cheia de saúde. Com genica. Muita.

Porque se há coisa insuportável - e triste - é uma pessoa preparar a chegada de um filho com todo o carinho do mundo e depois voltar para casa sem ele. Não o digo pela tristeza que se sente. É pelo que isto significa.

 

Vem bem, Teresa. Vem bem.

 

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D