Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quem sai aos seus

Um blogue para a Madalena, para a Teresa e para a Francisca.

Atirei o pau à língua

Eis uma dúvida a que, possivelmente, apenas Ana Almeida sabe responder: por que se canta "assentada à chaminé..." na canção do 'Atirei o Pau ao Gato'?


Põe-me fora de mim!


E que interessa que eu diga "sentadinha" (pirosinho mas português) em vez de "assentada" se depois na escola, na televisão, nos DVD infantis, por todas as partes, se canta mal? A não ser que isto seja do mais erudito que há e eu não saiba. Agradecem-se esclarecimentos em qualquer caso.

Como tinha recebido pouca coisa no Natal, hoje veio o Bobi

O Bobi era para ser o presente de aniversário, assim chegou mais cedo - trinta dias mais cedo para ser exacta. É lindo, branco com uma mancha negra no olho direito e tem dois meses. Vive dentro de um caixa de cartão embrulhado num cobertor e, como é bom de ver com um nomes destes, é um... canário! Bom, ok, claro que NUNCA seria um canário, é um cão e bem fofo. 


 


Chama-se Bobi - e não Bóbi e muito menos Bobby - porque o acento tónico é assim uma coisinha indefinida a dar para a sílaba aguda. Coisas da Manena, que foi quem o baptizou, ainda antes de ele chegar.


 


Um dia o tio e a namorada chegaram a casa com um cão castanho de peluche e chamaram-lhe Bobi. Acho que foram eles. Ela adora o nome e nunca mais largou o bicho. Prometemos-lhe que um dia que daríamos um de verdade e sempre que lhe perguntavam (a minha mãe) como queria que se chamasse ela dizia Bobi, portanto foi preciso esperar o momento certo para encontrar um cachorro (tinha de ser pequeno) e não uma cadelinha. Porque as cadelinhas não se chamam Bobi, toda a gente sabe.


 


O Bobi é um espectáculo. De tal forma que não tem uma raça, tem duas. É metade Labrador, metade São Bernardo. No fundo, é como se um Champallimaud tivesse um filho com um Mello.


 


Bom, e agora as reacções. Ficam para o fim porque foram menos efusivas do que a minha mãe esperaria. Em lugar de um entusiasmo louco com o novo amiguinho de quatro patas, a Manena preferiu manter uma distância de segurança e ficar longe do bichano. O máximo que esteve dele foi ao lado da caixa de mão dada com a mamã e perto do papá quando ele pegou no Bobi ao colo. O que me leva a crer que eventualmente será necessária a intervenção da ONU é o facto de ele ter feito um 'presente' no tapete de espuma dela nos primeiros 30 segundos de liberdade que lhe deram. Mas, pronto, isto nada como o convívio para mudarem de opinião...


 

Pág. 3/3

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D