Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quem sai aos seus

Um blogue para a Madalena, para a Teresa e para a Francisca.

Esta miúda ainda me vai matar de vergonha

Há uns bons dois meses que notávamos que a Madalena gostava muito de dizer uma expressão que soa a qualquer coisa como "é pi". Pela entoação que lhe dá, pela cara de satisfação e pelo gesto (a mão no ar) que acompanha a frase, percebemos que ela lhe atribuia um significado qualquer. Descobrimo-lo esta semana. E a culpa de tudo isto é da Maria Anjinha. E quem é a Maria Anjinha? Uma vizinha dos meus pais que anda de preto dos pés à cabeça, lenço na cabeça, tem nariz grande e cabelo todo branco. Há góticos com mais amor pela cor e bruxas que não se caracterizam tão bem! A Maria, porém, não tem nada de mal. É uma simpatia e o ídolo da Madalena, que até aprendeu a tossir só para a imitar.


Sempre que começa a falar a Maria usa uma de três expressões: "ai carédo", "ui que tou tão reles" ou ainda o clássico "tu nã me digas". E, preparem-se ouvidos sensíveis porque é agora que fazemos revelações chocantes, no seu discurso pontuam vários "É priga" (short para É rapariga), a frase que, definitivamente, conquistou a Madalena. E diz, quem viu, que este fim-de-semana é que foi: esteve no parque e, simpática como é, meteu-se com toda a gente. A uns brindou com o "olás", a outros com "é pi".


Agora imaginem que lhe dá por dizer "ai carédo", "a nha famila", "ao contrairo", "forem devagar" ou até "isso agora não vem à colecção"...

Vícios de menina

- Mete a mão na minha mala, tira caixa dós óculos e abre-a! (Se nós deixarmos, claro)


 


- Gosta de abrir a carteira de mamã e tirar todos os cartões


 


- Numa ida às compras, distraí-a com um cartão parecido com o multibanco e só faltou levantar-se do carrinho para mostrar a alegria


 


- Adora pulseiras. As da mamã e as da tia Mariana.

Posição de força

Ela olhou para o pai que tinha escondido a chucha atrás das costas e disse:


- Dá cá!


 


Perante o desenrascanço, fomos obrigados a dar-lhe o que queria. Afinal, tinha-o pedido.


Próximo passo: boas maneiras.


Nunca é de mais um "dá cá, se faz favor". Dêem-nos tempo.

Levar bem longe o nome de Portugal

Tentámos com Teresa Heinz-Kerry e não conseguimos, mas finalmente há um First-Qualquer Coisa na Pensylvania Avenue graças ao "portuguese water dog"*. Estou feliz e, sem querer chatear algumas das minhas mais fiéis leitoras, vou ter de citar aqui Ricardo Araújo Pereira numa crónica da "Visão". Era qualquer coisa como "já temos o Manchester de Cristiano Ronaldo, o Werder Bremen de Hugo Almeida (?!), o Inter de Mourinho e, finalmente, a Casa Branca de Bolinhas". Até no nome o rapaz ia acertado. Não vai ser Bolinhas, mas é o Bo. 


Amanhã é a apresentação oficial. Espero arranjar foto do grande momento.


 


* Até à chegada de Obama, acho que podia contar pelos dedos das mãos o número de vezes que tinha ouvido falar no cão d'água. Até que a raça se tornou tema de conversa diário. E o cão, que foi d'água toda a vida passou a ser "cão d'água português". É como a Maddie. Tem de se dizer sempre "pequena Maddie" senão parece que não soa bem.


 

A milestone das milestones

Bom, isto talvez não seja surpreendente para muitos de vocês, que sabem que uma gargalha desta mãe, aqui, neste canto de Portugal, pode provocar um tsunami na Austrália, mas parece que a filha vai pelo mesmo caminho. Esta semana surpreendeu-nos com gargalhadas hiper-sonoras e felizes*. É simplesmente brutal!





*Desculpem qualquer coisinha, cidadãos de Abruzzo.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D