Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quem sai aos seus

Um blogue para a Madalena, para a Teresa e para a Francisca.

A cerimónia de entronização da Júlia Pinheiro ou o novo 'Triunfo da Vontade'

Estive a assistir, não diria atentamente mas pelo menos com interesse, ao regresso de Júlia Pinheiro à SIC e estive mesmo mesmo para vir aqui escrever que tudo aquilo me pareceu um tolice pegada e que daquilo tudo só se salvava a própria apresentadora, mas ainda bem que tirei mais uma hora para pensar no assunto, porque se quisermos ser realmente honestos a TVI faria igual se pudesse. Tanto é assim que hoje vai emitir, como se nada fosse, um episódio do programa 'Depois da Vida' em que participou o Carlos Castro - assim uma espécie de missa do 7.º dia moderna - que basicamente configura o mesmo género de actuação: vale tudo porque ninguém dá por nada com o 'barulho das luzes'.

Aliás, todos fariam o mesmo se pudessem, incluindo, quem sabe, a RTP, não se desse o caso de depois ser certinho que teriam a ERC à perna. E bem, porque já seria o cúmulo, além de termos de levar com o que levamos, eles ainda pusessem um câmara de mota a seguir o carro que conduz Júlia Pinheiro à glória, qual Hitler filmado por Leni Riefenstahl no 'Triunfo da Vontade' - só faltava a escadaria!

 

Bom, mas o caso é que o chinfrim à volta da apresentadora parece-me "natural" - estranhos tempos estes em que uma pessoa se habitua a isto, realmente, mas já não há volta atrás -, o que já me parece total ridículo e isso é que a TVI nunca faria é pintarem um retrato da Júlia Pinheiro que parece que foi ela a senhora que João Paulo II tocou e por causa de quem será beatificado. Segundo Cláudio Ramos ('Capa da Revista'), ela é uma dona de casa de se lhe tirar o chapéu. Meia hora depois, segundo Nuno Graciano, é uma mulher com um coração de ouro, toda dada às causas. E são estas, segundo eles e com este tom, as razões por que Júlia Pinheiro é a apresentadora portuguesa mais popular.

 

Descontando o profundo machismo da coisa, que se resume a acharem que uma mulher só merece êxito, glória e um ordenado gordo se, sendo mulher, passar as noites com a barriga encostada ao fogão e as manhãs no tanque enquanto por outro lado reza pelos pobres, ciganos e desprotegidos da Cova da Moura, gostava de perguntar a estes apresentadores (e a quem os deixa apresentar programas de TV com este género de discurso) se acham isto possível.

 

Acham que é possível uma mulher que está na direcção de uma televisão e veio de outra e ainda apresenta dois programas de TV, possa cuidar da família nesses termos? Acham que ela vai ao Continente ao sábado à tarde e ao Pingo Doce quando há "uma falta". E acham que os espectadores gostam dela porque é uma mulher de causas? Ou será que a Júlia Pinheiro é popular porque é genuína e boa profissional no que faz? E que se limita a fazer o seu trabalho? Eu acho que é mesmo por isso que ela é a mais querida. Porque não anda a fazer de conta que é uma cozinheira de mão-cheia, que adora ver o 'Espírito Indomável' enquanto passa a ferro e, lá está, reza pela família de Renato Seabra.

 

Só espero, é que espero mesmo, que a presença dela na SIC sirva para agitar as consciências que pensam desta maneira e, sobretudo, que não seja engolida pela máquina.

1 comentário

Comentar post

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D