Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Quem sai aos seus

Um blogue para a Madalena, para a Teresa e para a Francisca.

Quem sai aos seus

Um blogue para a Madalena, para a Teresa e para a Francisca.

Deve achar que está a ter as melhores férias de sempre

Olho para a Madalena estas férias e tenho a certeza que estão a ser daquelas que estão a deixar memórias. Quatro semanas de atividades com a escola deram para fazer bodyboard, canoagem, ir ao cinema, fazer pinturas, jogos de água, jogos de pistas (vários), escalada, ir à feira medieval de Óbidos, saltar de uma prancha na piscina da Praia Grande, cantou, passou tempo com os amigos e acampou. Acampou na mata de Benfica, em Peniche e em Sintra. Aventuras atrás de aventuras sobre as quais vou sabendo pormenores a conta-gotas, já que a rapariga não é de sentar no sofá a fazer relatos. Sei que esteve sempre bem e que não chora nem pede para falar com os pais. "É a mãe que menos tem de se preocupar com isso", disse-me uma das monitoras. Era para me reconfortar e deixou-me ali tristíssima. Mas não sou essencial? Bem, passou logo. Basta pensar cinco segundos para saber que é perfeito que seja capaz de se adaptar a tantas situações. Depois volta e fica feliz também. Acho que férias é isso mesmo: adorar ir, adorar voltar.

Está preta de tanta praia e ar livre. Os cabelos estão como os dos surfistas, curtidos do sol. Ela, aliás, vem doida com o bodyboard. Todos os dias diz que quer ter uma prancha, pelo combinámos que lhe pago as coisas que fizer bem (arrumar o quarto, os sapatos, ajudar na cozinha, etc.) para que possa realizar esse sonho. Está contentíssima. E eu por ela.