Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Quem sai aos seus

Para a Madalena, para a Teresa e para a Francisca.

Dar um saltinho até Paris para ver Amadeo de Souza-Cardoso

Uma pessoa só pode não gostar de Paris quando está longe. E nem vamos falar na sorte que é ser enviada em trabalho a um sítio assim e pela razão que foi...

IMG_4317.JPG

 

IMG_4320.JPG

Vi a Torre Eiffel pela primeira vez em 1990 e continuo a achar que é das coisas mais bonitas do mundo. Só nos lembramos de como é grande quando estamos ao seu lado.  

image1.JPG

Ontem de manhã, depois do trabalho feito, dei uma corrida até lá. Estou a fazer disto um mantra: levar sempre os ténis e tentar correr. Quando for velhinha, vou poder dizer com propriedade que já corri, pelo menos, em Londres, Madrid, Paris e Viseu... :)

IMG_4296.JPG

Esta é a verdadeira razão desta viagem: a exposição de cortar a respiração de Amadeo de Souza-Cardoso no Grand Palais. Entre os Campos Elisios e o Sena. Depois do Picasso. Podem ler tudo o que escrevi sobre o assunto no DN.

Os ingleses e americanos usam a palavra show para se referirem a exposições, o que neste caso é perfeitamente adequado. É esmagador o talento deste homem, mais ainda imaginando boa parte de tudo isto foi conseguido sozinho. Um espetáculo, mesmo.

IMG_4295.JPG

Estes são os pochoirs, moldes que usa para as suas obras finais, já com referências pop.
Estas:
 

IMG_4294.JPG

Da época "mais fulgurante", segundo a comissária da exposição, Helena de Freitas.
 
 E o mega-orgulho de ser portuguesa e ver o nome do nosso maior pintor deste tamanhão na entrada do Grand Palais.
 

IMG_4262.JPG

 

O maravilhoso Grand Palais.

IMG_4352.JPG

No domingo chegámos demasiado tarde a tudo mas ainda passámos pela Place de La Republique, onde um grupo de jovens se reúne todas as noites. Querem mudar muita coisa na sociedade, começando nos apoios aos jovens.

IMG_4256.JPG

 

IMG_4258.JPG

Tentámos ver o Paul Klee no Pompidou mas ficámos por esta árvore. A árvore que dá livros.

IMG_4250.JPG

 Andámos muito! Com um tempo ótimo, primavera a sério, e cruzámo-nos com imensa pessoas que eram a cabal definição de estilo (o que mais adoro numa cidade).

IMG_4240.JPG

 

IMG_4245.JPG

Tinha a certeza que a Rue Cambon era um sítio importante, e por isso tirei a foto, mas foi só em Lisboa que confirmei a minha primeira suposição: era aqui, no número 31, o atelier da Mademoiselle Chanel.

Ontem, finalmente, conseguimos dar um salto à exposição da Helena Almeida, no Jeu de Paume. Outra beleza.

 

IMG_4344.JPG

 E, como em tudo na vida, a companhia fez a diferença.

IMG_4353.JPG

A bientôt, Paris!

Atrás das teclas

foto do autor

Instagram

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D